A pandemia não terminou, as atividades remotas continuam e nossos educadores tem a mesma preocupação e comprometimento de sempre. As atividades são postadas em grupos de Facebook criados para cada turma, favorecendo o acesso dos atendidos. Também utilizamos a tecnologia para as educadoras fazerem leituras de contos e fábulas com as crianças de 6 a 10 anos.

 

A Olimpíada Brasileira de Robótica – OBR é um momento muito esparado pelos nossos alunos do curso. Durante o mês, as atividades desenvolvidas foram focadas na preparação para a participação na OBR 2020 (este ano de forma virtual). Os atendidos utilizaram o aplicativo de voz sobre IP proprietário e gratuito Discord, que proporciona experiências à prática virtual, pois é a ferramenta oficial utilizada pela comunidade de desenvolvimento OBR e do programa Sbotics (no qual rodará o torneio da OBR 2020).
Os alunos foram orientados a criar programações que permitam resolver os desafios propostos na OBR 2020 dentro do programa Sbotics.
Por meio de um servidor do Grupo Primavera dentro do Discord, foram criados canais de voz/vídeo e texto para cada uma das equipes que representarão a entidade na OBR. Essa atividade permite que os alunos troquem informações e treinem em qualquer dia e horário de
acordo com suas disponibilidades. Uma vez por semana, das 13h30 às 15h30, os alunos recebem instruções e direcionamento
para confecção de suas programações.

 

Além dos atendidos pela entidade, o Grupo Primavera está atento aos seus colaboradores. Em tempos de pandemia, surgiu a procupação, por parte da gestão, de preparar e acolher a equipe para que todos estejam fortalecidos quando retornarem às atividades presenciais. Pensando
nisso, ocorreram palestras de apoio, cuidado e esclarecimento. Dr. Eduardo Malouf, médico da empresa Ci&T, alertou a equipe sobre os cuidados que devem ser mantidos, independente da diminuição de casos. Com muita leveza, situou todos sobre a realidade que estamos vivendo, respondendo a diversas perguntas. A psicóloga Débora Bicudo proporcionou um momento de troca de experiência e de reflexão sobre o atual cenário.

 

Anualmente realizamos o Encontro Anual das Mulheres Primavera, um evento beneficente marcado pela presença de mulheres que acreditam e ajudam nossas causas. Esse ano, como forma de reinventar essa atividade, criamos a Cesta Primavera do Bem, uma cesta italiana com alguns produtos deliciosos, em parceria com o Buffet Delikatessen e a Enoteca Decanter. Foi um novo desafio e conseguimos alcançar resultados satisfatórios, com muitas pessoas elogiando e deixando seus nomes para ações futuras. A próxima edição será realizada em
dezembro, quando faremos uma linda Cesta Natalina do Bem, com todo encanto e magia que essa data especial nos oferece.

 

Em meio a tantas incertezas, não podemos deixar de nos alegrar com as conquistas obtidas durante o mês. Há um ano, dois dos nossos atendidos pelo programa Adolescente Aprendiz passaram pelo processo seletivo do Royal Palm Plaza. Ficamos felizes quando Ewerton e
Rodrigo foram aceitos como aprendizes neste renomado resort. E mais contentes ainda quando, um ano depois (mesmo com a pandemia) recebemos a notícia sobre a contratação definitiva dos dois. O Grupo Primavera foi o primeiro degrau em suas carreiras profissionais e
vê-los crescendo e alcançando voôs maiores nos enche de alegria.

 

Infelizmente o mês não foi marcado apenas por notícias boas. No dia 28, ao chegarmos para trabalhar, nos deparamos com uma triste notícia. Durante a madrugada ocorreu um grande incêndio na Vila Paula, próximo do CDHU San Martin. Cinquenta famílias viram o pouco que tinham sendo consumido pelas chamas. O Grupo Primavera entrou em ação, em parceria com as demais entidades do bairro, a Paróquia São Marcos e os moradores da comunidade formando uma grande corrente solidária doando alimentos, roupas infantis e de adultos,
colchão, utensílios de cozinha, entre outros e ofereceu toda ajuda necessárioanesse momento tão difícil.

 

O celular institucional é uma importante ferramenta de comunicação entre educadores e famílias. Por meio de conversas, é possível manter o vínculo e matar a saudade dos atendidos. Nossos corações se enchem de gratidão quando recebemos vídeos das crianças. Esse mês, em especial, a Mirela deixou nossa tarde mais alegre enviando vídeos praticando os exercícios das aulas de coral e contando história do livro “Eu Passarinho – Mário Quintana”. Essa é mais uma forma de percebermos que estamos no caminho certo e que, mesmo distantes, nos fazemos presentes no dia a dia das nossas crianças.

 

 

Compartilhe nosso conteúdo em suas redes sociais!
0