Após produzir e doar 520 máscaras às famílias em situação de vulnerabilidade social na região dos Amarais, em Campinas, o Grupo Primavera ampliou a iniciativa gerando renda às costureiras da Oficina de Artesanato e famílias atendidas pela instituição. “Devido à grande procura e falta de máscaras no mercado, nossas costureiras passaram a produzir as máscaras em suas casas, sob nossa supervisão. Diariamente passamos em cada casa para levar os tecidos, orientá-las e retirar as peças prontas para entrega”, explica Ruth Maria de Oliveira, gestora da instituição.

Cada máscara em tecido vem acompanhada de orientações de uso, como lavá-la com água e sabão neutro e passar à ferro quente antes de colocá-la no rosto e após o uso; lavar as mãos com água e sabão ou higienizá-las com álcool gel antes de pegar na máscara e não manipulá-la. “Estamos trabalhando para atender as demandas. O Centro Boldrini, por exemplo, encomendou 300 máscaras e a produção está a todo vapor. As empresas estão encomendando as máscaras e isso mudou a vida de muitas famílias”, afirma Ruth.

Para as máscaras que foram doadas à comunidade, o Grupo Primavera recebeu tecido doado pela Grupo R1, parceiro da instituição que atua com cenografia e comunicação visual usando tecido tensionado impresso em grandes formatos em estandes de feiras e eventos.

As máscaras podem ser encomendadas pelo telefone 19 – 99608-2009, com Josi.

Compartilhe nosso conteúdo em suas redes sociais!
0