A organização social civil (OSC) Grupo Primavera, de Campinas (SP), em parceria com a CI&T e a Secretaria Municipal de Educação de Belo Horizonte (MG), realizou nos dias 16 e 17 de agosto (quinta e sexta-feira) a capacitação de 35 educadores da rede municipal no Projeto Teatro de Fantoches, que será adotado por 35 escolas da cidade. Pelo menos 3,5 mil crianças entre 5 e 10 anos de idade serão beneficiadas pela iniciativa.

Os educadores aprenderam a utilizar corretamente os bonecos em sala de aula para que transmitam aos estudantes, ainda este ano, os conteúdos pedagógicos previstos para cada série, de forma lúdica e dinâmica. O tema proposto pelo projeto este ano é tecnologia.

De acordo com a assessoria de comunicação da Secretaria Municipal de Educação de Belo Horizonte, o projeto integra as ações de formação oferecidas pelo governo local aos seus servidores, com foco em ampliar o universo de conhecimentos.

Ana Paula Fraga, líder de sustentabilidade e responsável pelo acompanhamento dos projetos sociais da CI&T, explica que a multinacional atua há algum tempo em parceria com o Grupo Primavera em diversas ações, inclusive por meio do projeto Teatro de Fantoches. “A empresa decidiu patrocinar essa ação, pois acredita que ela deverá gerar um impacto positivo nas crianças de Belo Horizonte, já que o Teatro de Fantoches é uma oportunidade única de levar uma atividade lúdica, interessante e com temas relevantes para dentro de escolas públicas. Um dos pontos que nos chamou a atenção é a transparência e organização do projeto, e ainda com possibilidade de atuação na região na qual a empresa está inserida”, acredita.

 

Início do Teatro de Fantoches

O Projeto “Teatro de Fantoches: oficina, workshop e apresentações” idealizado pelo Grupo Primavera, foi implantado pela primeira vez em 2006, em 75 escolas municipais e estaduais de Campinas, além de bibliotecas da cidade que foram palco das histórias dos fantoches. Por meio do teatro com os bonecos, é possível desenvolver nas crianças criatividade, desenvoltura, facilidade de comunicação e gosto pela leitura e arte e, ao mesmo tempo, proporcionar mecanismos diferentes para o aprendizado delas.

Todos os fantoches são feitos na oficina de criação da OSC. Entre os novos personagens estão Camerito (menino com câmera nos óculos), Computálio (computador), Mousix (mouse), Celulox (celular), entre outros.

 

Sobre o Grupo Primavera

O Grupo Primavera é uma Organização da Sociedade Civil (OSC) que recebe crianças, adolescentes e jovens de 6 a 18 anos do entorno do Jardim São Marcos, Campinas, para atendê-las em programas de educação complementar, cultural e profissional. Classificada como Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos, a entidade – fundada em 1981 –, atende hoje cerca de 500 meninas e meninos, além de seus familiares.

O ingresso no Grupo Primavera segue critérios como perfil socioeconômico vulnerável e a necessidade dos atendidos estarem matriculados na rede pública de ensino.

A OSC acredita que a educação ética é capaz de transformar a realidade das pessoas, por isso, busca oferecer conteúdos pedagógicos inovadores e princípios relevantes como pontualidade, respeito, participação, colaboração, organização, disciplina, iniciativa e empreendedorismo.

Em seus 37 anos de existência, a instituição já atingiu a marca de mais de 11 mil crianças, adolescentes e jovens por meio de seus programas, com o objetivo de reduzir os riscos sociais aos quais estão expostos, capacitando-os e trabalhando para torná-los membros ativos na sociedade.

 

 

Informações à imprensa:

Ana Carolina Silveira / Ana Heloísa Ferrero

Tel (19) 3305 2887 / 9 9791 8261.

carol@carolsilveira.com.br

anaheloisa@carolsilveira.com.br

Compartilhe nosso conteúdo em suas redes sociais!
0