O Grupo Primavera, em parceria com a Secretaria de Educação de Recife (PE) e a Honda, lançou ontem (dia 28/03), o Projeto Teatro de Fantoches, que será adotado por 20 escolas da rede municipal, a partir dos Grupos IV e V da Educação Infantil e do 1º ao 5º ano do ensino fundamental, beneficiando quase quatro mil crianças entre 4 e 10 anos de idade. Os 30 professores das escolas selecionadas serão capacitados por Cristina Lazaretti, especialista em manuseio de fantoches, contratada pela ONG, que os ensinará como utilizar corretamente os bonecos em sala de aula para que possam, ainda este ano, possibilitar a construção de conhecimentos a partir dos conteúdos pedagógicos previstos para cada ano, de forma lúdica e dinâmica, aos estudantes. A oficina de capacitação ocorrerá nos dias 29 e 30 deste mês de março e a cerimônia de encerramento do projeto será em dezembro.

Além de Recife, os fantoches do Grupo Primavera também serão adotados ao longo de 2016 por escolas municipais de Guarapiranga (SP), Itirapina (SP), Sumaré (SP) e Manaus (AM), em parceria com a Secretaria de Educação de cada cidade e a Honda, ainda em Campinas (SP), em parceria com outra empresa, a Ci&T, e a Secretaria Municipal de Educação local.

Segundo Jackelane Barros, técnica pedagógica de Recife, o Projeto Teatro de Fantoches será adotado com a finalidade de se vivenciar uma educação preventiva no uso de equipamentos de segurança, no respeito às Leis do trânsito e no desenvolvimento de habilidades de linguagem e argumentação. “A partir do teatro de fantoches e das rodas de diálogo sobre as temáticas citadas, desejamos a redução de acidentes no trânsito e a construção de responsabilidades nos futuros motociclistas, bem como dos pais, possíveis motociclistas”, diz.

Para Sergio Miyake, gerente geral de Sustentabilidade da Honda, o Projeto Teatro de Fantoches vai ao encontro do compromisso da Honda de contribuir com o futuro das próximas gerações por meio da educação. “Meio ambiente e segurança no trânsito estão entre os pilares de atuação da nossa empresa. Estamos muito satisfeitos em poder levar conhecimento por meio de um projeto que, além de ensinar, resgata a fantasia e alegria de ser criança”, observa.

Sobre o Teatro de Fantoches

O Projeto “Teatro de Fantoches: oficina, workshop e apresentações” idealizado pelo Grupo Primavera, foi implantado pela primeira vez em 2006, em 75 escolas municipais e estaduais de Campinas, além de bibliotecas da cidade que foram palco das histórias dos fantoches. Por meio do teatro com os bonecos, é possível desenvolver nas crianças criatividade, desenvoltura, facilidade de comunicação e gosto pela leitura e arte e, ao mesmo tempo, proporcionar mecanismos diferentes para o aprendizado delas. Todos os fantoches são feitos na oficina de criação da ONG. Entre os personagens estão árvore, cachorro, coelho, sapo, borboleta, peixe e sol, que permitem aos professores abordarem temas como meio ambiente, educação para o trânsito, inclusão social e saúde bucal.

Compartilhe nosso conteúdo em suas redes sociais!
0